Pata de vaca

pata de vaca

A Pata de Vaca é uma árvore nativa da Mata Atlântica. Conhecida também como casco de vaca, pata de boi, unha de vaca, miroró e mororó, seu nome científico é Bauhinia forficata, espécie pertencente à família Fabaceae.

Os nomes populares, evidentemente, surgiram pela semelhança de suas folhas com o formato do casco dos bovinos. As folhagens, quando adultas, medem entre 7 e 12 centímetros e são divididas em dois lobos. Os frutos são em formato de vagem, achatados, assim como suas sementes. É uma planta que pode chegar a medir 8 metros de altura, com flores brancas de cinco pétalas e dez estames.

Por sua beleza, muitas vezes figura em projetos de paisagismo e costuma ser plantada em jardins e parques. É uma planta altamente indicada para áreas de reflorestamento, pois sua capacidade de fixar nitrogênio no solo é alta.

Os Benefícios da Pata de Vaca

A Pata de Vaca figura entre as principais plantas medicinais da cultura brasileira e seus efeitos terapêuticos são conhecidos há centenas de anos. Essas propriedades curativas devem-se aos diferentes compostos químicos que podem ser encontradas na planta:

  • Flavonoides (principalmente quercetina, rutina e kampferol);
  • Mucilagens;
  • Sais minerais;
  • Heterosídeos (saponínicos, cianogênicos e bauhinósideo);
  • Cumarina;
  • Gomas;
  • Ácidos orgânicos;
  • Esteróis (β-sitosterol);
  • Pinitol;
  • Glicosídeos.

Pata de Vaca no Controle da Diabetes

O desenvolvimento das primeiras pesquisas que descreviam a ação hipoglicemiante da planta surgiram na primeira metade do século XX. Entretanto, até hoje, a Pata de Vaca e seus compostos são protagonistas em muitos estudos relacionados à diabetes. 

Os níveis de açúcar no sangue podem ser controlados com o auxílio de chás ou cápsulas contendo Pata de Vaca. Outra característica dessa planta que tem sido alvo de pesquisas é seu efeito positivo na diminuição da glicosúria, a presença de açúcar na urina. Os pesquisadores ainda não compreenderam como tal mecanismo funciona, porém desconfiam que seja pela ṕresença da Quercetina e do Kampferol.

Vale lembrar que tal efeito manifesta-se somente em pessoas diabéticas, dessa forma a planta não é capaz de diminuir os níveis de glicose no sangue de pessoas que não são acometidas pela doença. Portanto, a Pata de Vaca não causa hipoglicemia e muito menos pode ser utilizada com fins terapêuticos em não-diabéticos que ingeriram quantidades volumosas de açúcar.

A Pata de Vaca ainda possui efeitos antioxidantes, anticoagulantes e diuréticos que podem auxiliar no tratamento de elefantíase, embolias, trombose e outras doenças relacionadas à formação de coágulos no sangue.

O uso de medicamentos que contenham Pata de Vaca em sua composição é contraindicado para gestantes e lactantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!